coronavirus-covid-19

O Papel da Equipa de Mediação com o Novo Encerramento das Escolas

Com o novo encerramento das escolas, a 15/01/2021, e a consequente retoma do Ensino à Distância, a 08/02/2021, a Equipa de Mediação assume novamente um papel relevante no acompanhamento das crianças e jovens nas comunidades no que se refere ao apoio social e escolar.

Nesta fase, o trabalho dos Mediadores, mais do que centrado na sensibilização para os perigos da doença e nos cuidados a ter, foca-se sobretudo na orientação/ ajuda dos trabalhos escolares e na importância da sua concretização.

O Papel dos Mediadores no Estado de Pandemia

O repentino e inesperado encerramento das escolas a 13/03/2020 e o subsequente Estado de Emergência, decretado a 18/03/2020, veio também inesperadamente levantar questões práticas no trabalho diário dos Mediadores, obrigando-os a redefinir a metodologia de trabalho junto das crianças e das famílias das comunidades ciganas.

Assim, desde o primeiro momento, embora através de contactos telefónicos diários, a Equipa começou por fazer trabalho de sensibilização junto das comunidades para os riscos e cuidados a ter face à informação que todos os dias era veiculada pela DGS. Por outro lado, tiveram igualmente um papel importante com estes contactos diários, no sentido de poder rapidamente identificar e reportar junto do Delegado de Saúde eventuais situações de doença derivada do vírus Covid-19 nas comunidades, o que não se veio a verificar.

Poucos dias depois, já em contexto de trabalho diário no terreno, no que respeita às crianças e jovens estudantes é de ressaltar o papel e empenho dos Mediadores como interlocutores na entrega e recolha dos trabalhos escolares junto daqueles que não tinham ou não conseguiram ter acesso às tecnologias disponibilizadas, mas também no auxílio daqueles que, tendo acesso aos meios, não tinham formação ou apresentavam dificuldades na compreensão ou envio dos trabalhos remetidos pelas plataformas.

Semanas mais tarde, aquando do período das matrículas escolares na plataforma do Ministério da Educação e consequentemente na inscrição da plataforma da Autarquia para apoio às refeições, transporte e Atividades de Apoio à Família, o auxílio da Equipa de Mediadores foi crucial para estas famílias, dadas as dificuldades da maioria destes agregados familiares no acesso e/ ou domínio destas ferramentas eletrónicas.

thumbnail_.archivetempIMG_20191030_115844

Trabalho de Mediação Intercultural

O projeto de Mediação Municipal e Intercultural da Equipa de Águeda iniciou-se no terreno com o trabalho de mediação (Atividade 1), por parte da Equipa de Mediadores.

Este trabalho é realizado junto das crianças de etnia no contexto escolar mas também junto das suas famílias na própria comunidade, distribuídas por distintas freguesias do concelho.

Trata-se de um trabalho diário, realizado junto dos 3 Agrupamentos de Escolas do concelho (Agrupamento de Escolas de Águeda, Agrupamento de Escolas de Águeda Sul e Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga) e da Escola Secundária Adolfo Portela, contemplando todos os ciclos de ensino (desde o Pré-Escolar até ao Secundário).